O PSD Entroncamento, através do seu Presidente e Vereador José Baptista, exigiu hoje ao Presidente da Câmara Municipal a imediata reorganização do trânsito na cidade, de modo a impedir que se repitam os congestionamentos verificados desde segunda feira no centro, com ruas cortadas e o trânsito a acumular-se.

Segundo a Informação à imprensa, “A falta de planeamento, na empreitada em curso do sistema adutor, tem provocado danos enormes aos cidadãos, por toda a cidade, ao longo dos últimos meses. Recordemos o desleixo do Executivo Municipal presidido por Jorge Faria patente na empreitada na Rua do Forno do Grilo ou na Avenida das Forças Armadas, que estiveram largos meses sem pavimento e com insuficiente sinalização”.

O PSD argumenta que “Desta vez foi o centro da cidade brindado com um presente de natal antecipado: uma circulação labiríntica e lenta, um trânsito caótico e um acesso ao comércio e aos serviços impossível. Recorde-se que a situação que se verifica não se deve a um facto novo, mas sim a uma empreitada em curso sobre a qual os efeitos e constrangimentos são há muito conhecidos, portanto poderiam ter sido significativamente minimizados”.

Segundo o comunicado do PSD “O caos gerado levou a que uma curta deslocação de 5 minutos no centro da cidade se transformasse em longas filas de 40 minutos em “pára arranca”, desde a estação ferroviária até ao largo das Vaginhas”.

O PSD exige saber: “Até quando vai o Presidente do Município permitir que dure esta situação caótica para circular na cidade? Vai o Presidente da Câmara alterar a circulação para permitir que os cidadãos se desloquem ou mantém a paralisação geral? Vai o Presidente da Câmara Municipal suspender a execução da empreitada em curso, até ser implementado um plano efetivo de circulação na cidade, ou deixar os cidadãos à sua mercê? Vai o Município indemnizar os comerciantes lesados pelas enormes quebras nas receitas causadas pela impossível circulação na cidade?

A terminar afirmam que “Estas atitudes revelam a “Cidade para as pessoas” que o Partido Socialista apregoa, uma cidade desleixada, despreocupada com os cidadãos e em que só interessa uma ilusória normalidade nos meses antes das eleições. O PSD Entroncamento continuará a alertar o Presidente da Câmara Municipal, pressionar o Executivo para que atue e a propor as soluções que a nossa cidade precisa”.