A NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém analisou os dados referentes à criação de sociedades e verificou que em 2019 foram criadas no distrito de Santarém 1208 empresas, um aumento de 53 novas empresas em relação a 2018. O ano de 2019 bate o recorde de empresas criadas, desde 2014. Os concelhos de Santarém, Ourém e Benavente ocupam os lugares dianteiros do pódio.

Com 212 empresas cridas em 2019, Santarém foi o concelho que registou mais dinamismo empresarial no ano passado, tendo registado mais cinco empresas do que em 2018. Segue-se o concelho de Ourém, com 159 empresas constituídas, menos 8 do que no ano anterior. Benavente fica em terceiro lugar, com 96 empresas, menos 10 do que em 2018. Torres Novas foi o 4.º concelho com mais sociedades cridas, tendo aumentado 10 empresas em relação ao ano anterior.

Em Almeirim foram cridas 80 empresas, mais 15 do que em 2018, seguindo-se Tomar com 79, também aumentou 9 empresas, e Abrantes com 74, a registar também uma subida de 10 novas sociedades. Na lista, seguem-se Salvaterra de Magos e rio maior, ambas com 56, Cartaxo com 54, Entroncamento com 51, Coruche com 47, Alcanena com 39, Chamusca com 23, Ferreira do Zêzere com 20, Mação, com 17, Golegã e Vila Nova da Barquinha ambas com 15, Alpiarça com 10, Sardoal com sete e Constância com 5 empresas criadas.