Foto Pérsio Basso

Monumento nacional e um dos ícones de Portugal, o Castelo de Almourol, concelho de Vila Nova da Barquinha, vai reabrir ao público na próxima segunda-feira, dia 18 de maio, na sequência da reunião de audição da Comissão Municipal de Proteção Civil e da deliberação da Câmara Municipal, aprovada na reunião do executivo do dia 13 de maio.

Atendendo a que foi publicada a Resolução do Conselho de Ministros n.º 33 – A/2020 de 30 de abril, cessando o estado de emergência, e que na sequência da publicação destes normativos legais verifica-se o levantamento de algumas restrições e suspensões que vigoraram do antecedente e são previstas as “deslocações a bibliotecas e arquivos, bem como a espaços verdes e ao ar livre em museus, monumentos, palácios e sítios arqueológicos ou similares”, o Município deliberou a reabertura do Castelo, cujo ingresso incluí a entrada no Centro de Interpretação Templário.

As novas regras de segurança, de acordo com os diplomas legais e as recomendações da Direção Geral e Saúde, como o uso de máscara, higienização das mãos e distancia social obrigatórias, entre outras medidas, irão vigorar até que se reúnam condições para repor o regime anterior.

CASTELO DE ALMOUROL
Partidas fluviais só do cais junto ao castelo
Localização GPS: 08º23’02,301”W – 39º27’43,126”N
Acesso à ilha e ao castelo (entrada no Castelo) em embarcações com capacidade para 10 pessoas e entrada no Centro de Interpretação Templário de Almourol (CITA).
Abertura e horário de encerramento
Todos os dias da semana, até 30 de setembro.
Das 9h00 às 19h00
Preço – 4 € por pessoa, inclui visita ao CITA, no horário abaixo.
Contactos, reservas, faturação e informações:
Junta de Freguesia de Tancos, NIPC 507329945
Tel/Fax: 249712094
Telm: 962625678
E-mail: jftancos@gmail.com
Contactos e informações:
Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha
Tel: 249720358

CENTRO DE INTERPRETAÇÃO TEMPLÁRIO ALMOUROL
Aberto ao público a partir do dia 18 de maio de 2020, no seguinte horário:
– Dias úteis: das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30
– Sábados e domingos: das 10h00 às 13h00 e das 15h00 às 18h00
1) As visitas de grupos organizados deverão ser solicitadas antecipadamente, pedindo marcação através do e-mail cita@cm-vnbarquinha.pt ou do telefone nº 249720358. Devendo ser aguardada resposta, confirmando a disponibilidade de dia e hora para a visita.
2) Será assegurada uma presença reduzida de visitantes da exposição, que não poderão exceder cinco pessoas em simultâneo.
2.1) Este número aplica-se, também, a visitas de grupos, que não poderão aceder ao espaço em número superior a cinco, devendo os demais integrantes e um grupo, se excederem esse número, aguardar a sua vez no exterior do edifício.
3) A duração das visitas é limitada a 15 minutos.
4) As visitas não serão guiadas, mas haverá um acolhimento inicial, com explicação genérica do percurso da exposição.

BIBLIOTECA – ARQUIVO TEMPLÁRIO
Aberto ao público a partir do dia 18 de maio de 2020, no seguinte horário:
– Dias úteis: das 9h às 12h30 e das 14h às 17h30.
1) O acesso às estantes deixará, temporariamente, de ser livre, pelo que os pedidos das obras deverão ser dirigidos aos funcionários presentes.
2) Após a consulta das obras, estas deverão ser deixadas pelos utilizadores nas mesas de consulta. Depois de consultadas, as obras ficarão sujeitas a um período de quarentena assegurado pela Biblioteca.
3) O acesso a consulta presencial será limitado a um máximo de 2 utilizadores.
4) A duração máxima de permanência na Biblioteca por utilizador é limitada a 30 minutos.
5). Não serão permitidos, durante a atual fase de acesso com restrições:A realização de trabalhos de grupo; A realização de fotocópias; A entrada de livros ou outra documentação privada na sala de leitura, sendo, no entanto, permitida a entrada de cadernos de apontamentos, de tablets ou de computadores portáteis pessoais; Encontra-se vedado o acesso ao espaço internet.

Regras de segurança COVID19, até determinação em contrário:
– Desinfeção das mãos à entrada do barco e do CITA
– O acesso aos WC´s não é permitido.
– Uso obrigatório de máscara durante o transporte e visita ao Castelo e ao CITA
– Na embarcação sentados de costas com costas
– Na torre de menagem não podem permanecer mais de 5 pessoas
– Na parte terreste, embarque e desembarque, manter a distância social de 1,5m a 2m
– Desinfeção das embarcações a cargo da Junta Freguesia de Tancos (JFA)
– Desinfeção dos passadiços e corrimões do Castelo a cargo da JFA
– Expressamente proibido a passagem a pé para a ilha para controlo das áreas a desinfetar. Caso haja infrações os visitantes regressam à margem, e em caso de insistência haverá recurso às autoridades.