PUB

“Sempre soubemos que não podíamos vencer esta guerra dura de forma isolada. Por isso temos de contar com todos, autarquias, IPSS’s, sociedade civil e empresarial e percebemos que só em rede e com este trabalho de multidisciplinaridade podemos ir ultrapassando estes obstáculos. E muitos têm-se chegado à frente, a quem muito devemos e agradecemos”. A declaração é de António Sales, Secretário de Estado da Saúde, aquando da cerimónia de entrega de dois equipamentos de RX portáteis, que a empresa Renova ofereceu ao Centro Hospital do Médio Tejo.

A cerimónia de entrega destes equipamentos decorreu esta manhã, 14 de Julho, e contou com a presença do Secretário de Estado da Saúde, António Sales, do Presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, Pedro Ramos Ferreira, do Presidente do Conselho de Administração do CHMT, Carlos Andrade Costa e do CEO da Renova, Paulo Pereira da Silva.

A sessão iniciou-se com uma apresentação técnica destes equipamentos que visam reduzir o tempo de diagnóstico e a qualidade do mesmo que, segundo o presidente do Conselho de Administração do CHMT, Carlos Andrade Costa, “vêm fazer a diferença na resposta que damos aos doentes com covid-19, pois um equipamento será colocado nos Cuidados Intensivos e outro nos espaços de enfermaria dedicados ao covid 19”.

Carlos Andrade Costa sublinhou a dimensão da empresa Renova que, sedeada em Torres Novas é uma empresa de cariz nacional e que chega ao mercado internacional, estando presente em cerca de 80 países.

“Sendo a Renova uma empresa de dimensão nacional não podia fazer mais jus à missão do CHMT. Aliás, cerca de 70% dos doentes Covid que tratamos chegam de todo o país. Os primeiros que recebemos chegaram de Aveiro. Ainda ontem recebemos doentes também do Oeste. Esta Casa está de braços abertos a todos os cidadãos, não importa o território de onde vêm. Estes dois equipamentos serão utilizados não só nos doentes provenientes do Médio Tejo, mas de todo o país. Esta é também a matriz do SNS. Estarmos solidários para tratar todos os cidadãos”, reforçou Carlos Andrade Costa.

O presidente do Conselho de Administração deixou ainda uma palavra de agradecimento especial a todos os colaboradores do CHMT, pelo esforço e dedicação que têm tido nos últimos tempos, especialmente, no combate ao Covid-19”.

Paulo Pereira da Silva, CEO da Renova, manifestou “um enorme gosto em participar nesta luta contra este inimigo tão pequeno e que tanta preocupação nos está a dar”, acrescentando que esta oferta representa “um gesto marcante” para os colaboradores e acionistas da empresa. “Esta é também uma forma de fazer algo em prol da comunidade e dos cidadãos ajudando o vosso trabalho”, disse Paulo Pereira da Silva dirigindo-se aos profissionais de saúde do CHMT.

Também presente, o presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, Pedro Ferreira, manifestou ser este um “momento muito especial. Fui apenas um mero intermediário, e foi muito simples fazer esta ponte junto do presidente do Conselho de Administração do CHMT, sempre disponível para dialogar”.

Pedro Ferreira agradeceu a oferta à Renova, destacando “o seu papel solidário e de responsabilidade social”. O presidente da autarquia de Torres Novas mais uma vez salientou o trabalho realizado pelo Centro Hospitalar do Médio Tejo, especialmente na gestão desta pandemia. “O CHMT é um verdadeiro exemplo do serviço público de Saúde, não tem fronteiras, não é por se chamar Medio Tejo que se confina aqui. Tem aberto o seu caminho, passo a passo, com muita segurança”, afirmou Pedro Ferreira.

António Sales, Secretário de Estado da Saúde, manifestou “uma grande satisfação em ver a sociedade civil a colaborar com o SNS”, caracterizando este momento como “uma boa notícia nestes tempos de desafios”.

O Secretário de Estado da Saúde afirmou, ainda, que “temos de continuar a dar resposta ao Covid-19 ao mesmo tempo que temos de retomar a atividade assistencial”, lembrando o desempenho e o contributo do Centro Hospitalar do Médio Tejo ao SNS, através do reforço realizado na Unidade de Cuidados Intensivos, assim como o reforço do laboratório do Serviço de Patologia Clínica, com o aumento da capacidade de testagem ao covid-19, podendo realizar mais de 1000 testes por dia.

António Sales destacou “a promoção da saúde como um desígnio nacional” e relevando “a multidisciplinariedade e a colaboração de diferentes intervenientes ao longo deste período tão difícil. E hoje ganhamos aqui um novo alento para continuarmos a escrever o manual de tantas páginas boas do Serviço Nacional de Saúde”, disse o Secretário de Estado da Saúde.

No final desta cerimónia, foi entregue ao Secretário de Estado da Saúde, António Sales, o Manual “AMOSTRAS SARS-CoV-2/COVID-19” desenvolvido pelo Serviço de Patologia Clínica do Centro Hospitalar do Médio Tejo. Um manual que tem como objetivo auxiliar e capacitar as Entidades/Instituições no que diz respeito à identificação, colheita, acondicionamento e transporte de amostras SARS-CoV-2/COVID-19.