Uma centena de alunos da ESAS – Escola Superior Agrária de Santarém, realizaram hoje, dia 9 de outubro, uma praxe solidária, com o objetivo de procederem à recolha de resíduos urbanos, entre a Ponte de Alcource e a Praia de Santarém: remoção de espécies invasoras, recolha de salgueiro e aplicação de estacaria de salgueiro e plantações de espécies autóctones, no troço RTT da Ribeira de Cabanas.

Nesta iniciativa que contou com a participação de 70 caloiros e de 30 veteranos, organizada pela Comissão de Praxe da Escola Superior Agrária de Santarém, em colaboração com o Município de Santarém, participou Ricardo Gonçalves, Presidente da Câmara de Santarém, Inês Barroso, Vereadora com o Pelouro da Proteção Ambiental, e Maria João Cardoso, Chefe da Divisão de Ambiente e Sustentabilidade.

Os alunos, divididos por quatro equipas, procederam à recolha e remoção de resíduos seletivos, entre a Ribeira de Cabanas e a Praia de Santarém, à poda seletiva e aplicação de técnicas de engenharia natural – estacaria de salgueiro, à plantação de arbóreas e arbustivas e ao corte de espécies infestantes, tais como silvas e canas.

Esta ação tem como objetivo sensibilizar os novos alunos, em particular, e os cidadãos em geral, para a problemática do abandono de resíduos, em espaço público e para a dinamização de boas práticas ambientais.

A Praxe Solidária contou ainda com a colaboração do Clube de Canoagem Scalabitano, que proporcionou aos novos alunos, uma experiência no rio Tejo, em que tiveram oportunidade de experimentar a Canoagem – desporto amigo do Ambiente, e a valorizarem o nosso rio, ao mesmo tempo que participaram numa ação de remoção da infestante jacinto de água, a montante da Ribeira de Santarém.