Foto CHMT

A Unidade Hospitalar de Abrantes tem concluídas as obras que reabilitam parte do piso 10, daquele edifício Hospitalar. Pela primeira vez, na história deste edifício, o Piso 10 fica totalmente capacitado para prestação de assistência hospitalar. Este espaço fica preparado para receber uma enfermaria de Medicina Interna, com 26 camas.

Depois de anunciado o retorno do Serviço de Ortopedia e do Serviço de Ginecologia/Obstetrícia à Unidade Hospitalar de Abrantes, Carlos Andrade Costa, presidente do Conselho de Administração do CHMT, e Manuel Jorge Valamatos, presidente da Câmara Municipal de Abrantes, visitaram este espaço, renovado e completamente equipado.

Pela primeira vez, na história deste edifício, o Piso 10 fica totalmente capacitado para prestação de assistência hospitalar.

A reabilitação desta nova enfermaria, permite criar as condições para que a Maternidade e a unidade de neonatologia, ao regressarem à Unidade de Abrantes, ocupem a totalidade do 5º piso,  ficando desta forma protegidas e, assim, garantidas as condições de segurança para utentes e profissionais de saúde, nesta nova realidade do Covid-19, já que será reativado o antigo bloco de partos.

Ainda no âmbito desta visita à Unidade Hospitalar de Abrantes, foi anunciado o lançamento do Concurso Público para a aquisição e instalação do equipamento de Ressonância Magnética, um investimento de cerca de 1,3 Milhões de Euros.

No final deste encontro Carlos Andrade Costa, presidente do Conselho de Administração CHMT e Manuel Jorge Valamatos, presidente da Câmara Municipal de Abrantes falaram aos jornalistas.