PUB

No passado Domingo, dia 15 de dezembro o União Futebol Entroncamento recebeu no Albano Mateus o 1º dérbi regional deste Campeonato a contar para a 9ª jornada do Campeonato Nacional da 3ª divisão, zona C, de Hóquei em Patins a equipa do ACR Santa Cita.

Dérbi sempre muito intenso e emotivo, com ambas as equipas a procurar a vitória, de forma a fugir aos últimos lugares da tabela classificativa.

Jogo iniciou com bastante intensidade, procurando a equipa do União em ter mais posse de bola para melhor controlo do jogo enquanto que a equipa de Santa Cita era mais objetiva no ataque à baliza unionista. Depois de uns minutos iniciais repartidos por ambas as balizas, é a equipa visitante que inaugura o marcador num rápido contra ataque por volta do minuto 16. O União reage bem ao golo sofrido e através de uma jogada coletiva por trás da baliza, Mário Azevedo empata a partida ao minuto 13. O jogo continuava a ser bastante disputado e devido a isso a equipa do União chega à 10ª falta de equipa aos 12 minutos e coloca a equipa de Santa Cita na marca do livre direto. Na marcação do livre Rodrigo Saboga defende e mantém o resultado num empate a 1 bola. No seguimento da defesa, através de um ataque rápido da equipa unionista, origina uma falta dentro da área visitante e a consequente grande penalidade que é convertida com mestria por Mário Azevedo. Até ao final da 1ª parte o marcador não foi alterado, apesar das oportunidades de golo que foram surgindo em ambas as balizas, com os guarda redes em destaque nesta fase.

Inicio da 2ª parte dentro da mesma toada de jogo, procurando a equipa de Santa Cita empatar o jogo, enquanto que o União com um jogo mais inteligente com boas trocas de bola e rápidos contra-ataques ia criando muito perigo junto da baliza adversária. E é numa jogada de contra-ataque que a equipa da casa chega ao 3º golo por intermédio de Francisco Maia (Chiquinho) num remate colocadíssimo ao angulo da baliza adversária. A equipa de Santa Cita reage ao golo sofrido, pressionando mais a equipa do União o que leva à 15ª falta da equipa da casa na tentativa de travar a ofensiva adversária. Na marcação do livre, Rodrigo Saboga volta a estar em destaque com uma excelente defesa. Por volta dos 11 minutos o Santa Cita reduz a desvantagem para 3 bolas a 2, mas o União estava mais perigoso e com mais discernimento e no mesmo minuto volta a dilatar a vantagem para 4 bolas a 2 através de Mário Azevedo. Passados mais 1 minuto, num rápido conta ataque, mais um golo unionista marcado por …Mário Azevedo. A equipa do Santa Cita acusou os golos sofridos, vai procurar reduzir a desvantagem, nem sempre da melhor forma e comete a 10ª falta de equipa levando o União para a marca do livre direto. Na marcação Mário Azevedo não falha e marca o seu 5º golo da tarde, 6º golo do União. Com a vantagem de 4 golos o União baixa mais no campo, reduz a sua intensidade de jogo, permitindo com que a equipa de Santa Cita criasse muitas situações de meia distância, situações essas que originam 2 golos em 2 minutos, reduzindo a desvantagem para 6 a 4 a 4 minutos do fim do jogo. Motiva-se o Santa Cita para os minutos finais, mas o União no minuto seguinte volta a marcar em contra-ataque por intermédio de Duarte Ferreira e a colocar o resultado em 7 bolas a 4. Até ao fim realce para a 15ª falta de equipa do Santa Cita, que leva Duarte Ferreira para o livre direto, colocando o resultado final em 8 bolas a 4.

Excelente jogo de hóquei em patins, entre duas equipas de grande valor, mas com a equipa do União a ser mais forte, a saber gerir melhor os vários momentos do jogo e a alcançar uma vitória justa e importante para o resto do Campeonato. Realce para o jogo colectivo da equipa da casa que conseguiu ser sempre superior ao jogo mais individualista da equipa adversária.

PUB