Num jogo entre os dois primeiros classificados da Serie A da 2º Divisão do campeonato distrital da Associação de Futebol de Santarém, o Entroncamento AC recebeu no passado domingo o Alcanenense. O resultado final foi um empate a duas bolas que mantém as equipas à mesma distância uma da outra e já com olhos postos na segunda fase da prova.

A jogar em casa, a equipa do Entroncamento contou com um forte apoio da parte do seu público, em linha com o que tem sido hábito ao longo desta época. Os adeptos voltaram a dizer “presente” e a bancada do Complexo do Bonito fez mesmo lembrar certos palcos do futebol nacional. Daí não ser de estranhar a entrada forte dos visitados que, depois de uns primeiros 45 minutos de grande domínio, foram para o intervalo com uma vantagem de dois golos no marcador, da autoria de João Costa e de João Nogueira.

A segunda metade, porém, viria a ser completamente diferente. O EAC baixou inexplicavelmente as suas linhas, passando a evidenciar uma certa lentidão de processos e falta de agressividade com bola, tendo permitido o empate ao Alcanenense.

Por tudo que a equipa do EAC não fez na segunda parte, o resultado aceita-se. No entanto, os do Entroncamento continuam no lote restrito de equipas que não conhecem o sabor da derrota em jogos do campeonato a nível nacional.

Na próxima semana a equipa da cidade desloca-se a Ferreira do Zêzere e pode assegurar a presença na segunda fase, onde terá a possibilidade de se bater pela subida de divisão, algo que seria histórico para um clube com pouco mais de um ano de fundação.

João Lopes