A Câmara Municipal de Abrantes (CMA) celebrou os 103 anos da elevação de Abrantes a cidade, numa cerimónia realizada no Castelo da cidade, na manhã do dia 14 de junho de 2019.

Na presença do Chefe de Estado-Maior do Exército, General Nunes da Fonseca, foi atribuída a medalha de mérito municipal ao Regimento de Apoio militar de Emergência (RAME), tendo o seu 1º Comandante, Coronel César Reis, recebido um louvor do município.

No discurso alusivo à data, o presidente da CMA, Manuel Jorge Valamatos, referiu o RAME como uma estrutura de referência incontornável de suporte à proteção e à sociedade civil”, sublinhando a “postura cooperante, o diálogo institucional permanente”, mas também realçou “A abertura da instituição militar cada vez mais notória, o apoio continuado aos múltiplos programas de intervenção comunitária e, até, de realização conjunta (como hoje), reforçam esta posição de cooperação, num trabalho permanente de convergência de esforços entre as forças civis e militares”.

Manuel Jorge Valamatos deixou ainda uma palavra de reconhecimento aos ex-combatentes e às suas famílias, “pela coragem com que deram o melhor de si por Portugal”.

A parada militar foi realizada pelo RAME e a cerimónia contou também com a banda do Exército.

Dirigindo-se aos Abrantinos, o presidente da Câmara evocou o passado histórico, “Celebramos o compromisso que ao longo de décadas foi construído por homens e mulheres desta comunidade” e disse que o futuro se fará com todos: “Cabe a todos nós, Abrantinos, continuar a inovar, a consolidar a nossa confiança no futuro. Cabe a cada um de nós promovermos positivamente a nossa cidade, o nosso turismo, a nossa gastronomia, a nossa economia, a nossa inovação, a nossa educação, a nossa saúde”, concluindo com um compromisso: “Queremos continuar a olhar para as nossas pessoas, freguesias, instituições e empresas, encontrando sempre as melhores soluções em conjunto”.

Fernanda Mendes