PUB

Há duas semanas foi apresentada na PSP de Tomar, denúncia por furto de objetos de ouro e outros valores de interior de residência, sem que fossem notados indícios de arrombamento ou violação do domicílio.

Passado este hiato de tempo foi possível apurar o autor do furto o modo como o mesmo foi praticado e recuperar as peças principais, que ascende a alguns milhares de euros (3 a 4) e a respetiva entrega ao seu titular.

PUB

O suspeito do furto foi devidamente identificado, constituído arguido, aplicado termo de identidade e residência e aguardará os ulteriores trâmites do processo em liberdade.

PUB