Foto arquivo EOL

COVID-19 poderá constituir-se a maior “crise” de saúde e económica da nossa geração. Todos dias somos bombardeados por muitas notícias de nível técnico no âmbito da investigação e da experiencia vivida por outros países, que referem a rápida evolução da pandemia que afeta dramaticamente a vida de todos nós (económica, social, saúde…pessoal)

Neste contexto, apesar de, até à presente data, não se terem registados casos confirmados de COVID-19 no Entroncamento, a Junta de Freguesia de Nossa Senhora de Fátima do Entroncamento está preocupada com a situação atual.

O Presidente da Junta de Freguesia, Ezequiel Estrada, participa na troca de informação diária, que é feita por videoconferência, com o Conselho Municipal de Segurança e Proteção Civil, onde o Presidente da Câmara Municipal do Entroncamento (CME) dá conhecimento da situação relativa à COVID-19 no Concelho do Entroncamento, onde são, também, manifestadas as preocupações verificadas no terreno.

Apoio Social / financeiro

Face à conjuntura atual e como sempre, com sentido de Missão, o Órgão Executivo da Freguesia de Nossa Senhora de Fátima do Entroncamento entende contribuir para a comunidade em que se insere, pelo que deliberou na reunião realizada nesta 3ª Feira, dia 24/03/2020, por videoconferência, deixar em aberto uma linha de crédito do seu Fundo Social no valor de 2500.00€ (dois mil e quinhentos euros) para apoio da “ Área Dedicada à COVID-19- Entroncamento e 1000.00 € (mil euros) para o Corpo de Bombeiros Voluntários do Entroncamento.

Por outro lado, decorrente das solicitações acrescidas que nos têm chegado do Serviços de Atendimento e Acompanhamento Social (SAAS), entendeu este Órgão Executivo aumentar de 350€ (trezentos e cinquenta euros) para 500€ (quinhentos euros) mensais, o apoio medicamentoso a famílias carenciadas residentes na Freguesia.

Mantem-se o apoio concedido, habitualmente, a famílias carenciadas com a entrega de 70 cabazes de Páscoa pela Junta de Freguesia, com o apoio da “Conferência de S. Vicente de Paulo”.

Nesta hora de tormenta, uma palavra de respeito e reconhecimento para as equipas que diariamente prestam apoio nos lares da Freguesia “ Ferroviários”, “Santa Casa da Misericórdia” e “Fernando Eiró Gomes” e para todos aqueles que trabalham em prol da segurança e bem-estar da população.

O nosso contributo é uma pequeníssima parte de um todo, na esperança de que esta crise seja minorada e que todos respeitem as recomendações da Direção Geral de Saúde (DGS).

Faça a sua parte, fique em casa pela sua saúde, por favor!