Foto EOL

Fazer com que os alunos do 1º Ciclo do ensino básico do concelho do Entroncamento dediquem 10 minutos por dia na sala de aula para uma leitura em voz alta e mais 10 minutos em casa, é o objetivo do projeto “Já sei ler: um projeto de Leitura em Voz Alta”, apresentado ao fim da tarde de quinta-feira no Centro Cultural do Entroncamento.

Foto EOL

Esta atividade dinamizada por Sandrina Esteves, do ISEC Lisboa – Instituto Superior de Educação e Ciência, do Plano Nacional de Leitura, com o apoio do Município do Entroncamento, através do Gabinete de Educação, pretende promover estratégias que fomentem a leitura em voz alta, com vista ao desenvolvimento de uma leitura fluente e compreensiva e perceber ainda o impacto que o projeto Já sei ler do Plano Nacional de Leitura possa ter nas práticas de leitura futuras das crianças do 1º ciclo do ensino básico.

Foto EOL

Este projeto irá acompanhar as crianças do 1º ano de escolaridade, no decorrer dos 4 anos de ensino básico, nomeadamente através de práticas de leitura em voz alta em sala de aula, práticas colaborativas de leitura com a Biblioteca Escolar, empréstimo de livros às famílias e leituras partilhadas escola/ famílias/ comunidade.

Na sessão de apresentação tomaram a palavra o Presidente da Câmara Municipal do Entroncamento, Jorge Faria, Cristina Ventura, Presidente do Instituto Superior de Educação e Ciências, Luisa Dinis, do Plano Nacional de Leitura e Sandrina Esteves do ISEC.

No final alunos, professores e pais leram em coro um poema de Sophia de Mello Breyner, como forma de assinalar o início do projeto.