Morreu o Carlos Jorge, ou melhor o “Xerife” como era conhecido por todos. A doença com a qual vinha lutando há uns tempos, venceu-o na cama do Hospital de Torres Novas. Tinha 61 anos.
 
Símbolo da irreverência da juventude do Entroncamento nos anos 70 e 80, com os seus cabelos compridos foi guarda-redes de andebol e militar de profissão.
 
Homem de boas causas, amigo do seu amigo, dedicou os últimos anos a cuidar da sua companheira.
 
O velório será realizado na Capela Mortuária da Sagrada Família do Entroncamento. O seu funeral realizar-se-á no dia 24 de setembro (segunda-feira), saindo da Capela Mortuária da Sagrada Família – Entroncamento pelas 11:00 horas, com destino ao Cemitério do Entroncamento, onde serão celebradas as respetivas cerimónias fúnebres pelas 11:30 horas.
 
Até sempre Xerife!
 
À família enlutada o EOL envia as mais sentidas condolências.