Publicidade
Livro de fotografia “Alma Nabantina”, de Luís Ribeiro
 
Descrição do evento:
Livro de fotografia “Alma Nabantina”, de Luís Ribeiro, vai ser lançado no próximo sábado O livro “Alma Nabantina” de Luís Ribeiro, vai ser lançado no próximo sábado, dia 20 de Janeiro, pelas 15 horas, na Sociedade Nabantina, em Tomar, numa iniciativa conjunta com o Município. Tomarense de nascimento e aqui residente, o autor trabalha na área da Náutica, mas a sua grande paixão é a fotografia, agora vertida para papel neste volume publicado pela editora Alma Lusa na colecção Fotografia e Arte Lusitana. Ao longo de uma centena de páginas, Luís Ribeiro, que colabora na imprensa local e é um dos responsáveis do grupo Amigos da Fotografia de Tomar, mostra-nos o seu olhar sobre o corpo e a alma de Tomar, ele que diz, no texto introdutório, que “a calçada que piso, os bancos de jardim em que me sento, as folhas das árvores que balançam de um lado para o outro com o sopro do vento, a água que corre no Nabão, são uma bênção na minha vida, são como o ar que respiro”. Um livro cheio de imagens de lugares e pessoas que vemos todos os dias, mas a que o ponto de vista do fotógrafo confere uma novidade que nos demonstra como basta olharmos com atenção para o que nos rodeia para quebrarmos a rotina do quotidiano, ainda mais numa cidade naturalmente fotogénica como Tomar. A apresentação do livro será feita por Nuno Garcia Lopes.
Local:
Sociedade Nabantina, em Tomar
Data de inicio:
Sab, 20/01/2018 - 15:00
Data de fim:
1516462200

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Publicidade
Correio dos Leitores
Domingo, Dezembro 31, 2017 - 15:55
(Será que é empurrado por António Costa?)
De todos os líderes que até hoje já passaram pela condução dos destinos do PSD, não temos qualquer dúvida, que o estilo e modus operandi político de... [ler mais]
comentários424 leituras
 
Quarta, Dezembro 27, 2017 - 14:43
retrato poético de uma exótica ave rara!
Era uma exótica ave rara, um passarão, Por ser guloso impuseram-lhe uma faixa – Que dizia: “Este é reguila, vamos metê-lo numa caixa, Para vermos... [ler mais]
comentários279 leituras
 
Sábado, Dezembro 23, 2017 - 00:47
A obra memorável «Vitória de Espanha», do poeta constanciense Tomaz Vieira da Cruz ficará para sempre cravada como um espinho nos desígnios marxistas. [ler mais]
comentários480 leituras
 
Publicidade

copyright © 2016 Entroncamentoonline - Todos os direitos reservados