Sábado, Outubro 24, 2020
PUB

Manuela Poitout

MANUELA POITOUT | A maçonaria no Entroncamento

Não sei se há maçons no Entroncamento, mas se os houver, não são os primeiros. A maçonaria chegou aqui na última década do século XIX, por iniciativa de um...

MANUELA POITOUT | Um parto a bordo, em 1828, na travessia fluvial de Lisboa para a Barquinha

Não tem esta história, que é verdadeira, retirada de um registo paroquial da data indicada no título, uma relação direta com o Entroncamento, que nem existia nessa época, mas...

MANUELA POITOUT | Património desconhecido no Entroncamento, ou ao qual se dá pouca atenção

Andando eu em digressão de leitura pela imprensa local dos anos 80, fui cair em plena polémica da demolição ou não do mercado diário já inativo. Os argumentos a favor...

MANUELA POITOUT | Terá o povo do Entroncamento participado num linchamento, na estação ferroviária?

Em tempos da Primeira República, terá o povo do Entroncamento participado num linchamento, na estação ferroviária? Para enquadrar este acontecimento na época e na História, comecemos pela data dele –...

MANUELA POITOUT | Até o Dr. Ricardo Jorge criticou o restaurante da estação do Entroncamento, e a doer

Não sei se alguém se lembra da história contada por O. P. Brito, da sopa a escaldar. Era uma história antiga, de antes de 1876, contada por Alberto Pimentel...

MANUELA POITOUT | Alguém se lembra de Nené Cebola?

Conheci esta singular personagem em 1963, em Tomar, quando fui para lá trabalhar na Escola Industrial e Comercial. Havia qualquer coisa no seu aspeto que atraía o olhar, não porque...