Diversas dezenas de empresas do setor do turismo aderiram em 2017 ao Viver o Tejo, projeto da NERSANT que assenta na valorização do Tejo como agente percursor da estratégia de desenvolvimento económico do Ribatejo, tendo como fator chave o seu potencial turístico diferenciado e de excelência. No total, integraram o projeto 61 empresas em 2017.
 
Sendo o rio Tejo o recurso endógeno por excelência do Ribatejo, a NERSANT criou a marca Viver o Tejo, por forma a integrar a oferta turística da região ribatejana, promovendo a dinamização das diferentes economias locais e da economia regional como um todo. A adesão ao projeto é inteiramente gratuita, passando as empresas a integrar automaticamente o portal desta marca (www.viverotejo.pt). Aqui, as empresas aderentes passam a ter um espaço de apresentação da empresa, seus produtos e serviços, bem como a integrar as ofertas turísticas e rotas criadas pela marca, tudo com possibilidade de reserva online.
 
No ano de 2017, o projeto contou com a adesão de 61 empresas, englobando o projeto no momento um total de 182 empresas / entidades aderentes.
 
De referir que o projeto Viver o Tejo tem como objetivos a identificação e qualificação da oferta turística da região, promovendo ofertas integradas, o desenvolvimento sustentável e a preservação dos elementos históricos e culturais da região. Pretende ainda aumentar, consequentemente, a competitividade de todo o território.
 
A adesão a esta marca da NERSANT é inteiramente gratuita, devendo os interessados contactar a associação empresarial através dos contactos 249 839 500 ou geral@viverotejo.pt.