O apoio à internacionalização das empresas da região do Ribatejo continua a ser uma das linhas estratégias prioritárias da NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém. Entre os 72 produtos identificados com potencial de exportação de 10 mil milhões euros para o México, existe uma categoria de produto que se destaca: travões e servofreios.
 
De acordo com o estudo, já disponível para as empresas da região, existem algumas secções de produtos em destaque. A XVI, referente a “Máquinas e aparelhos, material elétrico, e suas partes, aparelhos de gravação ou de reprodução de som, aparelhos de gravação ou de reprodução de imagens e de som em televisão, e suas partes e acessórios”, é a que apresenta maior número de produtos selecionados, no total de 17, que representam um potencial de mercado de 2,14 mil milhões de euros. De notar que nesta secção, um único produto representa quase metade do valor da secção: moldes para borracha ou plástico, para moldagem por injeção ou por compressão e que todos os produtos, à exceção de dois, são da secção a dois dígitos “Reatores nucleares, caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos, e suas partes”.
 
No entanto, apesar da representatividade da secção XVI, pelo número de produtos que apresenta, existe outra que se destaca ainda mais por ser a que tem maior valor de potencial mercado, no total de 2,4 mil milhões de euros, repartidos por cinco produtos. Trata-se da secção XVII, referente a “Material de Transporte” e onde um único produto representa mais de metade do valor da secção: Travões e servofreios e suas partes, para tratores, autocarros, automóveis de passageiros, veículos automóveis para transporte de mercadorias e veículos automóveis para usos especiais.
 
Referência ainda para a secção VII, referente a “Plástico e suas obras, borracha e suas obras”, onde foram identificados 8 produtos com um potencial de mercado de 1,4 mil milhões de euros, sendo que três deles representam mais de mil milhões de euros de mercado potencial: Polietileno de densidade inferior a 0,94, chapas, folhas, películas, tiras e lâminas, de polímeros de cloreto de vinilo não alveolar, e chapas, folhas, películas, tiras e lâminas, de plástico não alveolar, e para a secção XVIII, de “Instrumentos e aparelhos de ótica, fotografia ou cinematografia, medida, controlo ou de precisão; instrumentos e aparelhos médico-cirúrgicos; aparelhos de relojoaria; instrumentos musicais; suas partes e acessórios”. Nesta secção foi identificado um único produto - “instrumentos e aparelhos para medicina, cirurgia ou veterinária” - que representam um mercado potencial de mil milhões de euros.
 
Para além da análise aos produtos regionais com maior potencial de exportação, a NERSANT dispõe ainda de um documento acessório complementar, que fala sobre a economia, política, relações comerciais e procedimentos para a exportação para o mercado do México.
 
Os interessados em obter os estudos, realizados ao abrigo do projeto de apoio à internacionalização das empresas da região Exportintelligence, devem contactar o Departamento de Apoio Técnico, Inovação e Competitividade da NERSANT, através dos contactos datic@nersant.pt ou 29 839 500.
Estudos de Mercado - México »