Foi inaugurado no dia 9 de junho, na Galeria do Parque VN Barquinha, a exposição "Sebastianismo Revisitado" do pintor Sam Abercromby.
 
Radicado em Portugal, Sam Abercromby nasceu na Austrália em 1946 curiosamente no dia 10 de junho, dia de Portugal. Neste conjunto de obras é possível ver o seu amor pela cultura portuguesa, trata-se de um conjunto de pinturas dedicadas ao D. Sebastião, o Rei mais enigmático da história de Portugal.
 
O estudo que Sam Abercromby fez sobre o rei D. Sebastião deixou-o “fascinado e entristecido”, o pintou expressa que espera que os quadros que elaborou “despertem a atenção do público e façam com que queiram olhar mais e mais profundamente a vida e a história de Sebastião I”.
 
O conhecido mito de S. Sebastião teve início após o seu desaparecimento na batalha de Alcácer Quibir, no norte de África. A sua morte abriu as portas à crise dinástica que posteriormente colocou os reis de Espanha no trono português.
 
O pintor acrescentando ainda, “reservo-me o direito, como artista, de levar o mito e as histórias oficiais, interpretando-os de forma criativa, subjetiva, lírica e heroica, levando a minha pintura para um novo caminho.”.
 
Presente na cultura portuguesa há vinte oito anos, Sam Abercromby apresenta neste novo trabalho, afirmando que “esta é a série em que vou trabalhar, até não poder mais”.
 
A exposição pode ser apreciada até ao dia 16 de setembro, à quarta, quinta e sexta-feira, das 11h00 às 13h00 e das 15h00 às 19h00; ao sábado e domingo, entre as 15h00 e as 18h00, com entrada gratuita.
 
Rita Inácio