Vai estar patente até ao próximo dia 2 de março a exposição de pintura e cerâmica “Correspondências – técnica mista”, na qual se revela parte da mais recente doação do artista Luís Rodrigues ao Museu Municipal Carlos Reis. Inspiração, técnicas e os modos de fazer encontram-se, misturam-se e apresentam-se ao público em pintura e em cerâmica, azulejo e olaria. Correspondências e discrepâncias artísticas que Luís Rodrigues apresenta na sua segunda exposição em Torres Novas, terra natal do artista.
 
Luís Rodrigues, torrejano residente em Paris, é pintor, ceramista, artista plástico multifacetado. Participou em exposições em Nova Iorque, Paris, Montreal, Bruxelas, Genebra, entre outras exibições em cidades europeias e em Portugal (na Amadora, em Lisboa, em Loulé, na Guarda). Destaque-se a inclusão da sua obra na exposição “Artistas portugueses de Paris” (Casa da Gulbenkian, Paris, 2000), ao lado de nomes como Júlio Pomar e Cargaleiro, e na exposição “40 artistas portugueses e estrangeiros”, com Graça Morais, José de Guimarães, entre outros artistas portugueses de renome. Em 2015, a exposição “Return home” marcou o regresso do artista à sua terra natal, Torres Novas, e a sua ligação ao Museu Municipal Carlos Reis (MMCR), instituição à qual doou, nesse ano, uma vasta série composta por desenho e aguarelas da sua autoria. Hoje, com esta segunda exposição do artista, o Município de Torres Novas celebra a efetivação de uma nova doação de Luís Rodrigues ao MMCR, desta vez de pintura de grande formato, obras em suporte papel e trabalhos em cerâmica.