Com o São Pedro a ajudar, o MiBar como ponto de encontro e alguns dos trilhos do Bonito-Barroca a que se juntou a colaboração da Junta de Freguesia de Nossa Senhora de Fátima, o GC “KomDor” organizou este sábado a Caminhada do Dia da Mulher levou ao Parque Verde do Bonito e às redondezas, sorrisos contagiantes, boa disposição, companheirismo tudo embrulhado em pés molhados e algumas escorregadelas que tiveram o condão de alegrar uma caminhada já de si bastante alegre.
 
Sem medo à chuva que se previa intensa (afinal foram só previsões) as Caminheiras fizeram-se ao caminho com a guarda de honra de alguns Caminheiros que fizeram questão em estar presentes para garantir que naquela que era a sua caminhada, nenhuma das presentes tivesse algum percalço que não permitisse concluir com sucesso os dez quilómetros desenhados pelo Staff KomDor que na passada quarta-feira tinha reconhecido o percurso para que o mesmo se adequasse ao evento.
 
Antes do “tiro de partida” todas as Caminheiras foram presenteadas com um porta-moedas (vulga pachacha, na gíria) oferta da JF de N.S. Fátima que fez questão de se associar ao evento, permitindo assim que o mesmo seja recordado mais tarde, ou sempre que da “pachacha” se retirar umas moedas para pagar o café ou o pão por exemplo.
 
No final e após duas horas e meia de puro divertimento e convívio de braço-dado com a natureza os participantes despediram-se apelando para que no próximo ano a caminhada seja de novo realizada e que atraia mais participantes para o “Quintal” como carinhosamente é chamado por quem utiliza regularmente os trilhos do Bonito-Barroca, sabiamente desenhados pelo José Dias que tem a sua quota-parte no sucesso de mais este evento.
FG