O Museu Nacional Ferroviário foi distinguido com um Prémio APOM 2017, na categoria de “Trabalho na Área da Museologia”.
 
 
A Associação Portuguesa de Museologia (APOM), criada em 1965 e constituída por profissionais de museologia ou instituições equiparadas a museus, tem como principal objetivo fomentar o conhecimento desta área científica e técnica, promovendo através de múltiplas atividades a importância do papel desempenhado pelos museus e pela profissão museológica em cada comunidade.
 
É neste contexto que, anualmente, a APOM atribui prémios em diversas categorias, com o objetivo de reconhecer e dar visibilidade ao trabalho dos museólogos portugueses e ao seu contributo na melhoria da qualidade destas instituições.
 
A divulgação dos vencedores e entrega dos prémios da edição de 2017 realizou-se no passado dia 9 de junho no Museu Nacional Soares dos Reis, no Porto, distinguindo o MNF na categoria de “Trabalho na Área da Museologia”. O MNF vê assim reconhecida a qualidade e rigor do trabalho que tem vindo desenvolver no cumprimento da sua missão, considerando a APOM que este se constituirá como “uma das grandes referências na museologia nacional”.
 
Este é o segundo Prémio APOM atribuído ao MNF, que já em 2014 havia conquistado este galardão na categoria de “Intervenção de Conservaçao e Restauro” pelo projeto de restauro do Comboio Presidencial.