O Município de Tomar pretende incentivar a criação de novas unidades hoteleiras que satisfaçam o aumento da procura, mais ainda neste ano em que o fluxo turístico na cidade tem sido visivelmente superior. Assim, a autarquia tem estado a trabalhar de forma a apresentar propostas para a resolução de duas situações em aberto em espaços sob a alçada da edilidade.
 
Estas propostas foram apresentadas e aprovadas na reunião de Câmara de ontem, seguindo agora para a Assembleia Municipal, onde devem ser discutidas na sessão do próximo dia 11 de Setembro.
 
Uma delas é o processo de alienação do Convento de Santa Iria e do ex-Colégio Feminino para fins hoteleiros. O outro espaço em consideração é a Estalagem de Santa Iria. Num e noutro caso terão de ser avaliados e votados documentos de suporte da decisão, tais como um caderno de encargos e outras peças processuais em que baseará a opção a tomar de forma a garantir e plena e rentável utilização dos espaços em causa, tanto para o Município quanto para hipotéticos investidores.
 
Com o aproveitamento em pleno para fins hoteleiros destes dois espaços, que possuem ambos uma localização magnífica, será possível melhorar de forma qualitativa e quantitativa a oferta da cidade, cada vez mais bem cotada como destino turístico de excelência.