Entre vales e montanhas, sempre altivo caminhavas
Levando aos quatro ventos, o teu silvo por mensagem...
Assim cumprias a missão, de que tanto te orgulhavas
Tanta terra... tanta terra..., num só dia visitavas
E quer chovesse, quer nevasse, lá seguias a viagem!
 
 
Tinhas por lema bem servir, e promover concórdia sã
Entre os Povos de visita, de quem eras bom irmão
Longa e cheia vida tiveste, e não existência vã
Por isso as gentes de ontem, de hoje e amanhã...
Aqui te irão lembrar, com eterna gratidão!
 
 
É aqui neste lugar, de merecido e bom descanso
Que então nos passarás a contar a tua história...
Nestas lides sempre os povos demonstraram ter bom senso,
Transmitindo aos vindouros, seu viver e seu remanso...
Ao erguer suas bandeiras, avivando-lhes a memória! 
 
 
Entroncamento 
Autor: Alfredo Martins Guedes