Na Assembleia de Militantes da secção de Tomar do Partido Social Democrata, que se realizou no dia 9 de janeiro, Lurdes Ferromau Fernandes assumiu a sua candidatura à liderança da secção do partido.
 
Lurdes Fernandes considera que o PSD em Tomar pode e deve fazer mais pelo concelho, de forma a recuperar a confiança dos tomarenses, com credibilidade, dedicação e responsabilidade.
 
Para a candidata à liderança do partido, a prioridade para o PSD é a apresentação de propostas e projetos mobilizadores junto dos tomarenses. Lurdes Fernandes julga “fundamental o PSD demonstrar ser uma alternativa clara à gestão camarária da maioria socialista, com soluções concretas para Tomar”.
 
Lurdes Fernandes reforçou a necessidade de um estreitar da relação do partido com os autarcas no concelho, no poder e na oposição. Para isso, a aposta na formação e no acompanhamento da atividade autárquica são uma prioridade.
 
Para a candidata à liderança do PSD de Tomar é urgente aproximar o partido dos militantes e dos tomarenses, desenvolvendo para isso uma política de proximidade – característica que lhe é reconhecida ao longo de seu percurso político e autárquico –, estando “presente no terreno, reunindo e visitando com os agentes locais de todo o concelho, como instituições, agrupamentos escolares, associações e empresas.
 
“Todo este trabalho, que começa no dia seguinte às eleições da secção, tem como objetivo voltar a ganhar a Câmara Municipal e mais Juntas de Freguesia”, diz Lurdes Fernandes, “tem como objetivo devolver ao PSD o desígnio de maior partido autárquico em Tomar”.
 
Pela sua experiência profissional, associativa, política e autárquica, Lurdes Ferromau Fernandes é uma forte candidata à liderança do PSD de Tomar, conforme se verificou pelas várias intervenções de apoio à sua candidatura na Assembleia de Militantes.
 
Destaque para as manifestações de apoio de João Luís Alves, Presidente da Junta de Freguesia de Casais e Alviobeira, Alexandre Horta, Presidente da Junta de Freguesia de Além da Ribeira e Pedreira, Jorge Rosa, Presidente da Junta de Freguesia de Olalhas, Luís Boavida, ex-candidato à Câmara Municipal de Tomar, Tiago Carrão, Vice-Presidente da Comissão Política Nacional da JSD, e Isabel Boavida, deputada à Assembleia Municipal.
 
Nessas intervenções, foi comum a referência às condições reunidas por Lurdes Fernandes para assumir a liderança do PSD, nomeadamente a sua competência e capacidade de trabalho, o seu conhecimento da realidade do concelho, as provas dadas a nível autárquico e a proximidade com os tomarenses.
 
Não se conhece para já mais nenhum candidato a líder do PSD de Tomar às eleições internas que se deverão realizar em março próximo. 
 
Quem é Lurdes Ferromau Fernandes?
 
Maria de Lurdes Ferromau Fernandes tem 52 anos, é casada e tem dois filhos e dois netos.
Licenciada em Economia, desde 1990 que é técnica superior no IEFP, com vários cargos de direção – Técnica Superior de Gestão, Diretora do Centro de Emprego de Tomar, coordenadora de núcleo de serviços de gestão do Centro de Formação Profissional de Tomar, Chefe de Serviços e diretora do Centro de Emprego e Formação Profissional do Médio Tejo em Tomar, entre 2012 e 2016.
Realce também para a participação na vida associativa e social da freguesia e do concelho, nomeadamente na Associação de Apoio Social da Freguesia de São Pedro de Tomar, na Associação de Pais da Escola Gualdim Pais e da Escola Básica do Coito, onde esteve envolvida na sua génese.
Lurdes Fernandes é Presidente da Junta de Freguesia de São Pedro há dois mandatos, após pertencer vários anos à Assembleia e secretária da Junta de Freguesia, e integra também a Assembleia Municipal.