O acordo de gestão para a ligação das áreas empresariais do Entroncamento e Riachos à A23 será assinado no próximo dia 3 de março, no NERSANT, após o que as Infraestruturas de Portugal começarão a concretizar o projeto.
 
A assinatura tripartida do acordo, entre as Infraestruturas de Portugal (IP), a Câmara Municipal do Entroncamento (CME) e a Câmara Municipal de Torres Novas (CMTN), contará com a presença do Ministro do Planeamento e das Infraestruturas.
 
A sua concretização permitirá interligar o transporte rodoviário (A23 e A1) com o ferroviário (Linha do Norte), facilitar o fluxo de mercadorias, tornar a região mais apetecível para o investimento e potenciar a criação de postos de trabalho.
 
Recorde-se que a 7 de fevereiro de 2017, realizou-se no terminal ferroviário da MSC, no Entroncamento, a apresentação do Programa de Valorização das Áreas Empresariais. 
 
Numa cerimónia de âmbito nacional, o Primeiro-ministro, António Costa, e o Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, apresentaram as 12 ligações contempladas no plano nacional de investimentos em rodovia (Last Mile), sendo uma delas a ligação das áreas empresariais do Entroncamento e Riachos à A23. 
 
Esta importante ligação foi considerada pelas autarquias do Entroncamento e Torres Novas como uma via estruturante para a consolidação das suas áreas empresariais, transformando a chamada “Porta Norte e Ferroviária” num verdadeiro hub de pessoas e bens que servirá os municípios envolvidos e que permitirá afirmar a região no plano nacional. 
 
A Câmara do Entroncamento aprovou na sua reunião de 3 de julho de 2017 a proposta de acordo de gestão entre as Infraestruturas de Portugal e os dois municípios envolvidos.