A edição de 2017 do Festival de Estátuas Vivas, que regressa à cidade de Tomar após um interregno de três anos, vai decorrer de 15 a 17 de setembro, com a apresentação de personagens de tema livre na primeira noite, na qual 16 artistas portugueses e estrangeiros vão criar um total de 12 quadros vivos.
 
Os dias de sábado e domingo serão dedicados ao tema lendas e tradições de Portugal, com um total de 25 artistas integrados em 14 quadros inspirados nas narrativas tradicionais, populares, históricas e religiosas, das origens da nacionalidade ao século XIX.
 
O Festival decorre entre a Rua Marquês de Pombal e a Praça da República, além do Mouchão, na sexta das 22 às 24 horas, sábado das 17 às 19 e das 22 às 24 e domingo das 17 às 19 horas.
 
No Mouchão, recua-se aos tempos da Reconquista, onde as lendas de Mouras Encantadas e Cavaleiros Templários ganham vida. Além das estátuas vivas, iremos encontrar recriações inspiradas neste período da nossa História, bem como diversos espetáculos que decorrerão num palco ali instalado. Pretende-se sublinhar a convivência e interligação cultural entre cristãos e muçulmanos durante aquele período.
 
No domingo, entre as 19h00 e as 20h00, enquanto se aguardam os resultados dos dois concursos e respetiva entrega dos prémios, os artistas que ao longo dos dois dias participaram no Festival irão atuar frente aos Paços do Concelho.
 
Também o artesanato estará presente com três apontamentos: artesanato oriental, brinquedos de inspiração medieval e artesanato de Portugal. Para os mais novos haverá também pequenos apontamentos de diversão e será instalado um fraldário, junto ao parque infantil, onde possam ser dispensados cuidados essenciais aos mais pequeninos.