A Câmara Municipal do Entroncamento está a proceder à deservagem dos passeios da cidade, utilizando o glifosato, um potente herbicida, sobre o qual existem algumas suspeitas, mas que é legalmente permitido e utilizado pela maioria dos municípios.
 
Com a entrada em vigor da nova lei para aplicação de produtos fitofarmacêuticos para o combate a pragas, doenças e infestantes, a Câmara Municipal formou 18 pessoas para as capacitar para a aplicação deste tipo de produtos e adequou as instalações e contratou um engenheiro responsável para fazer uma correta, adequada e eficaz aplicação deste produto nas ruas do concelho.
 
Também foi adquirido equipamento adequado para a aplicação destes produtos e equipamentos de proteção individual para os funcionários afetos a este serviço.
 
Cumprindo os requisitos legais exigidos, a Câmara Municipal recebeu autorização para a aplicação de produtos fitofarmacêuticos em 15 de dezembro de 2016, nomeadamente o glifosato um produto muito barato que tem sido objeto de análise na Comissão Europeia, tendo em vista a renovação, ou não, da sua utilização, mesmo depois de a Agência Internacional para a Investigação sobre o Cancro da Organização Mundial da Saúde ter declarado, em março de 2015, este produto químico como potencialmente cancerígeno para o ser humano.
 
Em recentes aplicações no centro da cidade do Entroncamento a Câmara Municipal afixou os editais em que avisava “a população em geral, bem como os portadores de animais de companhia, que ao circularem pelas áreas tratadas, o façam com a devida precaução”, alertando para o facto de, “o período de reentrada nas parcelas tratadas é de no mínimo, 24 horas”. Só que o espaço tratado nunca foi vedado ou sinalizado com uma fita que fosse.
 
Recentemente o Município de Tomar adquiriu um novo veículo elétrico destinado à deservagem de ruas e praças da cidade sem a utilização de produtos químicos e fitossanitários. Trata-se de um equipamento que utiliza água quente, a 180 graus, temperatura à qual é possível matar as ervas pela raiz impedindo que voltem a crescer.
 
O EOL falou com o Presidente da Câmara Municipal do Entroncamento, Jorge Faria, que descansou a população quanto ao uso deste produto e relatou todos os esforços do município para a resolução deste combate às ervas pelo processo mais amigo do ambiente e menos prejudicial à saúde, anunciando a candidatura para aquisição de uma viatura elétrica, utilizando o vapor para combater as ervas. Tudo em vídeo no EOLtv.