A nova Padaria A Boroa, foi inaugurada este domingo no Mercado Municipal do Entroncamento e vai abrir ao público na próxima terça-feira, prometendo um fabrico artesanal “onde os pães são feitos apenas com ingredientes naturais, tempo e dedicação, cujo resultado final é um pão mais saboroso e saudável”.
 
A loja, localizada no Mercado Municipal do Entroncamento, será o lugar onde os produtos da Boroasserão produzidos e comercializados. Segundo o Ricardo Saldanha, “o desenho do espaço procura combinar as tradicionais bancas de venda de pão do Mercado com o espaço de fabrico das antigas padarias de bairro. Ao combinar o espaço de venda com o espaço de produção, a padaria oferece uma experiência única aos seus clientes, permitindo-lhes presenciar todo o processo de fabrico do pão”.
 
O projecto Boroa nasceu da paixão de Ricardo Saldanha - padeiro e arquitecto - pelo pão a sério, tal como era feito antigamente. Após uma incursão pelo mundo da arquitectura em Xangai (China,) o Ricardo percebeu que nada o deixava tão feliz quanto o processo de fazer pão. Conseguir transformar farinha, água, sal e tempo em pão saboroso tornou-se uma obsessão. Começou a mostrar às pessoas o que era pão a sério, e quem gostou, não quis outra coisa.
 
A marca Boroa insere-se no mercado como uma apologista da retro-inovação, indo buscar os métodos artesanais de fazer pão, trazendo-os para os dias de hoje. Para isso, “na Boroa recorrem-se a farinhas tradicionais de moleiro (moídas em mó de pedra) e a processos de fermentação lenta, chegando alguns pães a fermentarem durante 24 horas”.
 
A partir da próxima terça-feira, dia 15, podemos encontrar na Boroa “os tradicionais pães de trigo (campinos), as deliciosas broas de milho e centeio, assim como outros pães especiais (sementes, azeitonas, aveia, entre outros).