José Mota Maia, engenheiro de formação, apresentou este domingo na Casa do Patriarca na Atalaia o seu livro “Os Maias da Atalaia”, “um livro de histórias centradas numa família Maia que passou por esta Vila Velha de Atalaia”, como definiu o general e engenheiro António Maia Mascarenhas que fez a apresentação do autor e da obra.
 
Antes do autor falar sobre o seu livro, Fernando Freire, Presidente da Câmara de Vila Nova da Barquinha, felicitou o autor pela iniciativa de escrever sobre a Atalaia, aquela que é a sua Vila de adoção e sobre a qual, também ele está a escrever um livro, que iniciou há 6 anos e já tem 360 páginas escritas.
 
Na mesa de honra estiveram para além dos oradores, Elisabete (Betinha) Maia, prima do autor e organizadora do evento e o Presidente da Junta de Freguesia de Atalaia, Manuel Maria Honório.
 
José Mota Maia, com um entusiasmo de quem tem o livro que acabou de lançar na alma, revelou algumas das histórias e facetas da obra, “para aguçar o apetite” a quem vai adquirir o seu livro, “que deve ser lido nas calmas e sem pressas”, e que revela muito da história da Velha Vila da Atalaia, uma das mais antigas da península ibérica.
 
Depois da sessão de autógrafos foi servido um lanche aos convidados, no bonito espaço da Casa do Patriarca.