À Liberdade!
 
(Poema para Nelson Mandela – Ícone da Paz Mundial)
 
 
Com gládio coruscante, qual estrela,
O fuzil de teu lúcido pensamento…
As grades da iníqua escura cela,
Rompeste, oh! herói Nelson Mandela,
Pondo fim a tão longo sofrimento!...
 
Livre surgiste com sorrisos, sem rancor…
Gesto franco, com sinais de temperança!
Hirto guerreiro da concórdia, gentil senhor,
Trocaste o rácico ódio pelo fraternal amor…
E levaste a Paz ao Cabo da Boa Esperança!
 
Foste muito para além do Bojador…
E como Pessoa na Mensagem nos diria:
Corajoso também passaste além da Dor…
Ali venceste o mostrengo Adamastor…
Como fez o luso-nauta com mestria!
 
Dos impolutos líderes, és nobre decano,
Manténs perene a marca paternal!
Um sacro guardião do Solo africano,
Sólido na moral e no calor humano,
Obreiro da Paz - Ícone Mundial!
 
 
 
Autor: Alfredo Martins Guedes